ANIMAIS NA RUAS ESTÃO COM AS HORAS CONTADAS

São Francisco Conde

A cidade de São Francisco do Conde está parecendo um estábulo, diversos tipos de animais passeiam livremente em ruas do centro e dos bairros. Vacas, cavalos, e burros fazem a festa. Na noite desta quinta-feira (06), uma mula tentou entrar no Colégio Martinho Salles Brasil. Estes inocentes que são deixados atoa por seus donos, e provocam acidentes, estão com a horas contadas. A prefeitura que havia demitido os profissionais que recolhiam os animais para um curral, agora conta novamente com estes vaqueiros. Os que estiverem vagado serão levados e os proprietários podem pagar multas

Cavalos e bois têm feitos muitas vítimas com mortes em São Francisco do Conde, nas BAs 522 e 523, de responsabilidade do governo do estado. Há cerca de três meses um homem morreu ao se envolver num acidente com animal. No inicio da noite desta quarta-feira (05), Otho Mário Assis dos Santos, saiu gravemente ferido após cair da sua motocicleta ao desviar de um cavalo na BA 522, no sentido Candeias/São Francisco do Conde. O motociclista foi socorrido por médicos do SAMU, e em seguida  encaminhado para o Hospital do Subúrbio em Salvador.

Animal solto na pista é crime e quem responde é o proprietário do animal que pode ser enquadrado no artigo 132 do Código Civil que é expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente. O proprietário também pode ser enquadrado no artigo 31 do Código Penal, na Lei de Contravenções Penais, quando se fala em “deixar em liberdade, confiar a guarda a pessoa inexperiente ou não guardar com a devida cautela animal perigoso”. Isso significa que independentemente do animal, na pista ele demonstra esse perigo para terceiros e por isso o proprietário responde por crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *