ESTADO É CONDENADO A INDENIZAR CRIANÇA POR ERRO MÉDICO

Bahia Saúde

O Estado da Bahia foi condenado a indenizar em R$180 mil  uma criança que aos 20 dias de vida teve uma mão amputada, por erro médico no Hospital Manoel Vitorino, em Salvador, O valor corresponde a R$ 100 mil por danos morais e R$ 80 mil por danos estéticos. A criança que atualmente tem 14 anos também receberá pensão de um salário mínimo até os 70 anos de idade.  De acordo com os autos do processo, a criança estava sob os cuidados do Estado da Bahia desde o trabalho de parto até ser diagnosticada com uma isquemia aguda no membro superior esquerdo que culminou com a necessidade de amputação da mão. A oclusão arterial não foi identificada no nascimento da criança.

(Bahia Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *