MARDEN LESSA VISTA A FUNDAÇÃO DR. JESUS

Cidades Vizinhas

O Presidente da Câmara Municipal de Madre de Deus, Marden Lessa (PCdoB) e uma comitiva, visitaram na manhã deste sábado, (19), a Fundação Dr. Jesus (FDJ), Hospital de Tratamento e Prevenção de Dependentes Químicos que existe há 26 anos, e já atendeu quase 50 mil baianos.

Acompanhado de sua comitiva, o Presidente Marden conheceu as instalações da instituição. Hoje, a Fundação Dr. Jesus atende 1.200 pessoas e gera cerca de 200 empregos diretos, além de contar com a colaboração de voluntários, com cursos de corte e costura, cabelereiro, carpintaria, música, serralheira, solda, entre outros. A fundação possui uma ampla estrutura física, que inclui alojamentos masculinos e femininos, cozinhas, complexo esportivo, salões de jogos, piscina, espaço para eventos e profissionais diversos, como psicológicos, terapeutas, educadores físicos, etc. “Eu não tinha noção da grandeza desse trabalho feito pelo deputado Isidório, conhecia apenas através das redes sociais e hoje pude ter o prazer de conhecer de perto e parabenizar ao Pastor Isidório pelo belíssimo trabalho, que merece o reconhecimento não só dos baianos, mas de todo país. É um ato de coragem, de fé, de amor pelo próximo”, declarou Marden.

Na oportunidade, o Presidente discutiu a possibilidade da implantação de um Núcleo de Apoio Familiar no Tratamento de Dependências de Drogas, no município de Madre de Deus. Onde na sociedade contemporânea o conceito de família está relacionado com um conjunto de crenças e valores, que atuam diretamente na formação de seus indivíduos, através de experiências vividas e vivenciadas por seus membros e que essas influências ditam de que forma esse conjunto social irá interagir junto ao grupo onde vive e à qual pertence. Portanto, percebe-se que o atendimento familiar necessita da criação de um núcleo familiar no tratamento de dependência de drogas, oferecendo o acolhimento e atendimento das famílias e do dependente com a formação educacional.

 

Marden Lessa e o deputado estadual, Pastor Sargento Isodório

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *