CANDEIAS: CENTRAL COVID SERÁ DESMOBILIZADA APÓS DIMINUIÇÃO DE CASOS

Coronavírus/Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), anunciou a desmobilização da Central Covid-19, estrutura provisória montada no Posto Médico Luiz Viana Filho destinada ao acolhimento e estabilização de pacientes sintomáticos respiratórios bem como coleta de material para testagem RT-PCR, junto ao LACEN-BA. A decisão foi tomada baseando-se nos indicadores epidemiológicos assistenciais da Covid-19, os quais têm revelado diminuição do número de casos da doença, bem como diminuição das taxas de ocupação dos leitos clínicos e de UTI em todo o Estado da Bahia.

Em Candeias, além da diminuição do número de pacientes contaminados e hospitalizados, houve significativo avanço na vacinação contra Covid-19, com mais de 80% da população adulta já vacinada com a primeira dose e aplicação da segunda dose seguindo os prazos estipulados no plano nacional de vacinação, tendo ultrapassado 50%.

A Central Covid foi inaugurada em maio de 2020. De lá para cá já atendeu cerca de 24.500 pessoas em uma estrutura que conta com sala de acolhimento, posto de coleta da Vigilância Epidemiológica, consultórios, enfermarias de isolamento, equipamentos para suporte ventilatório e monitorização.Os equipamentos da central serão, agora, redistribuídos para as portas de emergência do município. Até hoje, o número total de casos confirmados foi 6.862; 12.670 casos negativos; 6.678 pessoas curadas; 190 óbitos; 06 casos ativos; e 55 casos em investigação.

Novos locais de atendimento

A Sesau informou que o local servirá para acomodar setores da própria secretaria de Saúde. Já os atendimentos serão feitos, a partir de então, nas portas de entradas de emergência da rede municipal, quais sejam o Posto Médico Luiz Viana Filho, o Posto Médico Dr. Amâncio Alves (Caroba) e o Hospital Municipal José Mário dos Santos, este último sobretudo para casos que requeiram internação. Além do mais, teremos Unidades Básicas de Saúde que estarão preparadas para acolhimento e serão também referência para testagem, nas localidades: Santo Antônio, Sarandi, Condomínio Nossa Senhora das Candeias, Malembá, Urbis II, Canta Galo, Madeira, Caroba, Passé, Colônia Landulfo Alves e Boca da Mata.

Em especial, no caso do Hospital Municipal, a equipe técnica da Secretaria de Saúde contou com as orientações do Médico Infectologista Dr. Antônio Bandeira, que faz parte do quadro de especialistas da Secretaria, para estabelecimento de fluxo seguro para pacientes, com e sem quadro respiratório. Todo o processo envolveu a Coordenação Médica do Hospital, as Coordenações de Vigilância Epidemiológica e de Atenção Básica. As conclusões dos estudos técnicos, aliados aos dados epidemiológicos, apontam que os profissionais de saúde estão protegidos ao utilizarem máscaras respiratórias e que as unidades de saúde podem atender aos pacientes com segurança e sem necessidade de segregação. Com isto, o investimento da Secretaria de Saúde será a partir de então focado na proteção dos profissionais de saúde e na disponibilidade de testagem.

Agradecimentos

O secretário de Saúde agradeceu a todos os servidores que trabalham na unidade. “ Queremos aproveitar para agradecer publicamente a todos os servidores que se doaram para fazer com que a Central Covid desse certo, sendo referência de bom atendimento. E dizer que o governo municipal tem total disposição para, caso seja necessário, organizar novamente estruturas provisórias de atendimento para enfrentamento da pandemia. Mas, com fé em Deus, isto não será necessário. ”, declarou ele. Cerqueira disse ainda que as equipes de saúde continuam na luta contra o coronavírus com a imunização da população. “Quem não tomou a sua dose não deve deixar de se vacinar, para o bem de todos”, completou.

Com informações da Secretaria de Saúde – PMC.

Deixe uma resposta