CAPITAL NORDESTINA VAI TIRAR DO AGENDAMENTO QUEM SE RECUSAR A RECEBER A VACINA CONTRA A COVID-19

Brasil Coronavírus/Covid-19 Saúde

A Prefeitura de Recife anunciou que quem se recusar a receber alguma vacina contra a covid-19, será bloqueado do sistema de agendamento para a aplicação dos imunizantes. A medida visa combater o “sommelier de vacina”, ou seja, aqueles que por algum motivo preferem uma vacina específica.

O município que está vacinanando pessoas acima de 37 anos, sem comorbidades, quer combater possíveis atrasos causados nas campanhas de vacinação por aqueles que se recusam a se vacinar. Com isso, quem se recusar a receber um imunizante só poderá reagendar uma nova imunização após 60 dias.

O Recife tem disponíveis os imunizantes da AstraZeneca, Pfizer, CoronaVac e Janssen.

“No nosso sistema do Conecta Recife, para as pessoas que se recusarem a tomar a vacina, a gente vai colocar um gatilho para que ela só possa reagendar para 60 dias depois. A gente vai implementar nessa semana ainda”, afirmou o prefeito João Campos (PSB).

De acordo com o prefeito, os profissionais que atuam nos pontos de vacinação terão como sinalizar no sistema a recusa de marcas. Na cidade, o agendamento da vacinação é feito via internet. No sistema também são listados os grupos aptos a tomar a vacina e os documentos que precisam ser apresentados para a vacinação.

A Tarde

Deixe uma resposta