JOVENS DA CIDADE VÊM SENDO VALORIZADOS PELA GESTÃO MUNICIPAL

São Francisco Conde

Talvez e com certeza ainda não é na quantidade e velocidade que gostaríamos, mas uma coisa é fato, a juventude franciscana aos poucos vem ganhando protagonismo no gerenciamento do município de São Francisco do Conde. Nós que sempre criticamos os gestores que há quase duas décadas passaram a investir pesado na qualificação dos munícipes e depois não aproveitavam esta mão de obra, agora começamos e enxergar um resgate e valorização destas pessoas que sempre tiverem anseios de ajudar de algum forma.

É claro que alguém vai descordar, e esta é uma parte legal, pois vivemos na democracia, e o que estamos apresentando é apenas uma observação que fazemos ano a ano em São Francisco do Conde. Não vamos misturar o assunto falta de geração de mão de obra, esta é uma discussão para outra pauta. A gente sempre reclamou e com razão, que muitas pessoas de fora assumiam os melhores cargos na cidade, a partir de 2021 a diminuição foi drástica e em contra partida elevou o quantitativo de filhos e\ou moradores da terra sendo aproveitados, e acreditamos que estas pessoas vêm se sentido valorizadas, e até quem não foi chamada pode estar com a sensação de representatividade.

Podemos citar como exemplo, o departamento de comunicação, que antes era difícil encontrar um rosto local, hoje quem chegar no setor, conhece todo mundo que está lá. Temos certeza que se você fizer um esforço vai lembrar de vários nomes que estão estrelando em setores da prefeitura, e não leve em conta somente quem é primeiro ou segundo escalão. Estas divisões servem para identificar quem é responsável pelo que, porém todos carregam o mesmo sentimento e vontade. Optamos por não citar nomes para evitar deixar de colocar algum, no entanto temos a certeza que ao lê este texto, você já lembrou de pelo menos duas pessoas jovens que estão trabalhando por mérito na prefeitura de São Francisco do Conde.

Sim, há varias outras coisas a serem feitas, para que este aproveitamento seja bem mais amplo, como no esporte, educação básica e tantas outras áreas, mas sim, é melhor tarde do que nunca. Não podemos nos acomodar, vamos aproveitar este ponto de partida e continuar a cobrar ações eficazes para que o futuro da cidade seja promissor. Se estas pessoas estiverem preparadas na teoria e na prática, não só teremos profissionais e administradores públicos para suprir as nossas necessidades, como as de outros locais.

 

Deixe uma resposta