RJ: SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA É ALVO DE INVESTIGAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL

Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (17) a operação Simonia, que tem por objetivo desarticular um esquema criminoso na cúpula da Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap). O secretário e advogado Raphael Montegro é um dos alvos da força-tarefa.

A ação acontece após a retirada de cela do principal chefe da maior facção criminosa do estado, Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, do Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná, no dia 28 de maio deste ano.

O pedido foi feito por Montenegro, que fez uma visita à penitenciária para uma conversa com o detento no pátio.

Um inquérito foi instaurado pela Polícia Federal e, numa investigação conjunta com o Ministério Público Federal do Rio, ambos decidiram pedir a prisão temporária do secretário.

Os mandados de busca e apreensão e de prisão de Montenegro e de dois colaboradores foram concedidos pelo Tribunal Regional Federal do Rio (TRF-2). Os demais alvos são o subsecretário de Gestão Operacional da Seap, Wellington Nunes da Silva, e o superintendente Operacional, Sandro Faria Gimenes.

Deixe uma resposta