A SAGA DO PAS MAIS, BENEFICIÁRIOS E ICACARD

São Francisco Conde

Uma história que só terá fim no dia que a prefeitura acabar com o PasMais, administrado pela Icacard, empresa que age da forma que bem quer e entende. O ano passado foi só de reclamações relacionadas a administradora, tanto por parte dos comerciantes, quanto pelos usuários do serviço. Foi necessário os estabelecimentos boicotarem e suspender as vendas pelo aplicativo. Os sucessivos atrasos e sumiços de crédito relatados pelo beneficiários e negados pela IcaCard geram assunto o ano todo.

2018 começou, e de acordo com quem recebe o benefício, a empresa fica com um pagamento retido, liberando apenas o mês anterior. Exemplo: Em janeiro foi pago o benefício de dezembro, em fevereiro, o referente a janeiro. Estes pagamentos estavam acontecendo entre dia 5 e 8 de cada mês, mas em março esta data mudou, será empurrada para o dia 26, de acordo com o comunicado enviado pela IcaCard aos comerciantes.

Na nota, a IcaCard alega que isso ocorrerá devido ao recadastramento. Imagina-se que seja o que  a prefeitura de São Francisco do Conde está fazendo no Programa de Acolhemento Social (PAS), o qual o PasMais complementa. Só que esta justificativa é no mínimo descabida, uma vez que a própria prefeitura fez o pagamento do PAS em Março, mesmo realizando o recadastramento.

Esta empresa nunca se pronuncia quando é questionada pela imprensa, apenas vive pedindo direito de resposta depois que matérias são veiculadas. As notas emitidas nada mais são do que mais do mesmo. Uma sucessão de repetições que não enganam mais a ninguém. Quem poderá resolver esta questão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *