PROFESSORA É AGREDIDA VIOLENTAMENTE POR ALUNA DE 13 ANOS

Bahia

Uma professora de uma escola municipal de Teixeira de Freitas, no extremo sul baiano, foi agredida por uma estudante, de 13 anos. A docente, que segue sob atestado até esta quarta-feira (28), foi agredida com tapas, socos e pontapés. A   agressão ocorreu depois que a docente, que não teve o nome divulgado, pediu para a aluna não se sentar no braço da cadeira escolar.

Com a recusa, a aluna atacou a professora com um tapa no rosto. Ao cair no chão, a professora ainda foi agredida com socos e pontapés. Sensibilizados com o ocorrido, a comunidade escolar fez um ato simbólico nesta segunda-feira (26) pedindo paz. A adolescente foi expulsa da escola. Em nota, a Secretaria de Educação do município lamentou o ocorrido e disse que presta solidariedade à professora que “violentamente agredida por uma estudante em sala de aula”.

G1

Em 2017, mais de 40% dos professores disseram que já sofreram algum tipo de agressão na escola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *