PRESIDENTE DA CÂMARA FAZ BALANÇO DO PRIMEIRO SEMESTRE 2019

Política São Francisco Conde

Nesta terça-feira (11), foi realizada na Câmara de Vereadores de São Francisco do Conde, a Sessão Ordinária do primeiro semestre legislativo de 2019. Neste período mais de 150 proposições foram discutidas, votadas e aprovadas pelos vereadores em prol da comunidade franciscana. De acordo com o presidente da Casa, Antônio Lopes-Pantera (PSD), todas as pautas foram concluídas, e isso se deve ao empenho de todos que trabalham na Câmara, juntamente com os parlamentares.

A partir do dia 30 de junho os vereadores entram em recesso parlamentar, conforme o Artigo 7º do Regimento Interno. As Sessões Ordinárias vão retornar a partir de 01 de agosto, porém, extraordinárias podem ser solicitadas a qualquer momento. O presidente Antônio Lopes afirma que o trabalho dos vereadores é durante o ano todo, e mesmo em recesso todos continuam desempenhando seu papel.

Durante as falações dos vereadores, Cleberson da Silva-Moriel Jaé (PP), disse não estar contente com a situação da falta de água encanada e saneamento básico no Porto de Brotas e no entorno. Segundo o edil, já conversou com um deputado e espera que até 2020, esta situação seja resolvida. O parlamentar voltou a cobrar do governo do estado melhorias nas BAs que cortam o município de São Francisco do Conde. A colega Sônia Batista (PHS) endossou as palavras de Moriel Jaé falando sobre os acidentes ocorridos nas rodovias BA 522 e 523.

Venilson Cravinho (PP), falou que o primeiro semestre foi bastante movimentado, e elogiou o desempenho dos vereadores em resolver todas as pautas. Ele ratificou a fala do presidente dizendo também que o trabalho do vereador não para durante o recesso parlamentar. O pepista disse ainda que as ações têm sim que ser publicadas nas redes sociais para que a comunidade tome conhecimento do trabalho de cada um.

Durante a 14ª Sessão Ordinária foram aprovadas as indicações do vereador Renato Júnior (PSB), que cria o curso de Agente Turístico Cultural no Município, e do vereador Luis C. Dantas-Me Abrace (PT), que pede a revisão salarial dos motoristas da prefeitura. Ainda foi aprovado um Projeto de Lei do Executivo que trata das diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária para 2020.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *