SECRETÁRIO VISITA OBRAS DA NOVA CRECHE E DA NOVA SEDE DA SEDUC

Educação São Francisco Conde

A educação brasileira é um grande desafio para os governos das três esferas. Uma coisa todo mundo sabe, quanto mais se faz, mais ainda tem por fazer. Não dá pra negar que em São Francisco do Conde há muito por ser feito neste pilar importante para uma sociedade. Por outro lado é necessário admitir que nova gestão a Secretaria Municipal da Educação vem se esforçando ao máximo para diminuir as disparidades, e isso está acontecendo com o avançar dos dias. Nesta quinta-feira (15), Marivaldo do Amaral, o vice-prefeito Nem do Caípe e o prefeito Evandro Almeida visitaram as obras da crehe do Gurugé e a reforma da nova sede da secretaria, no prédio onde funcionava a fábrica de sapatos, na Baixa Fria.

“A entrega dessa creche é mais uma ação da gestão Evandro Almeida, que tem como objetivo cumprir aquilo que está no Plano Estratégico da secretaria, que é ofertar novas vagas de Creche para a população de São Francisco do Conde. Essa nova creche vai agregar mais 112 vagas e vamos atender crianças a partir de 01 ano de idade que, até então, não eram atendidas pelo município. Visamos com isso oferecer uma educação básica de qualidade para os franciscanos. A unidade escolar contará com duas turmas para crianças de 01 ano, três turmas para aquelas de 02 anos e mais três turmas para as de 03 anos, entre outras dependências e áreas de recreação”. Disse Marivaldo do Amaral.

Ele tambem falou as causas da mudança de local da Seduc. “sobre o novo prédio da Seduc, concentrará todas as unidades da Secretaria da Educação, que atualmente está dividida em seis prédios, em um único local. Isso facilita todo o processo de gestão, dá celeridade, dinamismo, dá unidade a secretaria ao mesmo tempo em que economizamos dinheiro público, pois, entregaremos cinco aluguéis onde funcionam as estruturas separadamente. O objetivo com isso é pegar o orçamento da Educação que gastamos com aluguel e investir exatamente na qualidade da educação, porque quando a gente aluga um prédio para o funcionamento de um programa social, em que estar atendendo a um programa, é um dinheiro que se tira da sala de aula, da qualidade pedagógica da educação. Não adianta a gente gastar o dinheiro da Educação com uma infraestrutura que não mexe com a sala de aula e esse é o propósito, a ideia é concentrar todo os departamentos no mesmo lugar, tornar a gestão mais unificada ao mesmo tempo em que economizamos dinheiro do município. Gastamos agora com a reforma, mas não voltaremos a gastar com os aluguéis.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *