ENTREVISTA COM A BANDA AO VENTO

Entretenimento

Ao Vento é uma jovem banda de Rock alternativo. Tido com uma promessa do cenário alternativo Baiano, mesmo com a produção totalmente independente a Ao Vento vem conquistando fãs em todo canto do Brasil, através da internet. A banda difunde vários elementos musicais e literários para obter uma sonoridade bastante particular e intimista, por esse motivo suas letras comunicam com o seu público. Apesar de ser uma banda de Rock alternativo, a Ao Vento tem uma flexibilidade de formatos, assim se adequando (sem perder os princípios) aos espaços. A banda é formada por Emerson Sousa, Jeff Senna, Luís Felipe e Thiago Silva.

Cajaíba Notícias- Como surgiu a banda?

Banda ao vento- A banda surgiu com rolês entre amigos, de sair pra tocar musicas que nos gostávamos, daí surgiu a iniciativa pra montar a banda em 2015.

CN-Por que o nome Ao Vento?

AV-O nome da banda foi influenciado pela música “Palavras ao vento” interpretada por Cassia Eller, essa música foi uma das primeiras musicas na qual eu aprendi a tocar.
O sentido do nome vem da liberdade, como por exemplo: uma folha ao vento ela esta solta do que lhe impede de voar (arvore); um cabelo ao vento da mesma forma (amarras). Esse sentido casou muito bem com a proposta da banda de não se apegar a uma única ideia e estética.

CN- Como é ser banda independente?

AV-Ser uma banda independe é como ter uma empresa com vários departamentos e cuidar de todos ao mesmo tempo. Tentar tocar o projeto com baixo orçamento, apesar disso tudo nós temos a liberdade de experimentar diversas coisas, já que não temos um “chefe” e estamos Ao Vento.

CN-Como foi gravar o primeiro EP?

AV-O Ep foi uma experiência nova pra todos da banda e também nos mostrou que podemos fazer tudo dentro do quarto sem necessariamente ir a um estúdio gravar.

CN-Quais as mensagens que pretendem passar para o público de vocês através das músicas?

AV-O nosso primeiro EP fala bastante sobre rupturas, acredito que isso se deve muito aos membros da banda está passando dos 20 anos agora e vivendo uma nova fase que é proveniente dessa idade. A nossa música é um convite ao nosso público viver e amadurecer junto com a gente.

CN-O que inspira a banda durante o processo de composição de novas músicas?

AV-Normalmente a inspiração vem da inquietação com coisas que considerarmos um problema ou memorias, ou novos amores que encontramos nessa vida doida.

CN-Vocês pensam na gravação de um CD, futuramente?

AV-Sim, mas ainda não é um foco. Estamos numa pra entender o que a gente tem de melhor.

CN-Como vocês pretendem se posicionar no mercado? E como querem que o público enxergue a Banda Ao Vento?

AV-A nossa música não é um produto de massas, sabendo disso nos focamos em um público específico. Essas pessoas vão entender nosso discurso e referências. Queremos que as pessoas nos enxerguem não como ídolos mas sim como amigos, um alguém bem próximo. Somos focados em fazer relacionamento com as pessoas e nos unir pra um bem em comum.

FJ-Como o ambiente digital tem ajudado a banda a se promover?

AV-Esse ambiente nos beneficiou bastante pelo motivo da gente ter gravado e distribuído nossas músicas de casa mesmo e também pra fazer nossa música chegar pra pessoas que estão geograficamente distante.

CN-Fazendo um balanço da carreira, qual foi o melhor momento da banda até agora?

AV-Nosso melhor momento foi tocar no Bahia de Todas as Cores, que é um festival de graffit e também a gravação e lançamento do nosso EP, que foi algo muito novo e lindo pra gente.

CN-Obrigado pela entrevista. Fiquem à vontade para deixar um recado  aos leitores.

AV-Muito obrigado, gostaria de pedi pra você nos procurar no Youtube, Spotify, Instagram, Facebook, pra nos conhecer e também ficar sabendo de todas as novidades que vamos esta postando dentro de poucos meses, e gostaríamos que você desse sua opinião. Obrigado ao Cajaíba Notícias pela oportunidade de estar falando do nosso “trampo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *